Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (2022)

Saber quanto ganha um médico no Brasil é uma das primeiras dúvidas de quem acabou de se formar. Mas ainda que haja um piso salarial determinado pela Fenam (Federação Nacional dos Médicos), esse valor pode variar por diversos motivos.

Além disso, o surgimento de novas tecnologias como Big Data, inteligência artificial, smartphones, “internet das coisas” e softwares médicos, estão mudando o fluxo de trabalho em quase todas as áreas, incluindo a medicina.

Você consegue imaginar a interpretação de uma imagem médica em milissegundos? Ou identificar um câncer mais rapidamente e com mais precisão?

A tecnologia está evoluindo rapidamente e suas aplicações estão contribuindo significativamente para o desenvolvimento da saúde.

Com o aumento do número de soluções tecnológicas disponíveis no mercado, novas possibilidades surgiram na medicina, o que impacta diretamente em quanto ganha um médico.

Pensando nisso, neste artigo falaremos sobre:

Quanto ganha um médico no Brasil em 2022?

Quanto ganha um médico por grau de formação?

Segundo o Panorama Financeiro do Médico elaborado pelo PEBMED, temos os seguintes valores de remuneração de médicos por grau de formação:

  • O médico generalista possui uma renda líquida mensal de R$ 15.936

O generalista é aquele profissional que tem especialização em clínica geral ou saúde de família.

Mas, ele também pode não ter nenhuma especialidade e atuar apenas com o registro no Conselho Regional de Medicina e com a graduação completa em medicina.

  • O médico residente ou pós-graduado possui uma renda líquida mensal de R$ 11.638

De acordo com o Conselho Federal de Medicina, a residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação voltada para médicos, na forma de curso de especialização.

A residência médica é um período de estágio remunerado, como se fosse uma especialização remunerada, por isso, nesse período, o médico residente possui uma remuneração menor do que um médico generalista.

  • A remuneração de um médico especialista varia conforme sua especialidade (entre uma média de R$ 14.328 a R$ 23.702)

O especialista é aquele profissional que concluiu a residência médica ou algum curso de especialização para seguir um ramo específico da Medicina.

Na pesquisa foram selecionadas as 9 especialidades mais frequentes entre os participantes de estudo para efeitos comparativos.

Os cirurgiões estão representados em categoria única, pela junção das especialidades: cirurgia cardíaca, cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgia do aparelho digestivo, cirurgia geral, cirurgia pediátrica, cirurgia plástica, cirurgia torácica e cirurgia vascular.

Veja a seguir uma lista da renda líquida mensal das especialidades mais comuns:

  • Cardiologista: R$ 23.702
  • Anestesista: R$ 23.530
  • Cirurgião: R$ 21.745
  • Ginecologista e Obstetra: R$ 20.896
  • Dermatologista: R$ 18.058
  • Pediatra: R$ 17.930
  • Psiquiatra: R$ 17.871
  • Clínico: R$ 15.260
  • Médico de família e comunidade: R$ 14.328

Quanto ganha um médico no plantão?

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (1)

Um plantão médico corresponde, no mínimo, a 12 horas de trabalho seguidas, e é assegurada pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), que assegura a esses profissionais um intervalo para descanso e alimentação durante os plantões.

A CLT garante, ainda, uma remuneração maior aos profissionais que atuam no período da noite, das 22h às 5h, sendo necessário acrescentar 20% do salário mínimo de adicional noturno.

Para saber quanto um médico ganha por plantão, vale a pena considerar a especialidade e a localidade. Além disso, o valor pode variar de acordo com a instituição na qual o médico trabalha.

Por exemplo, em São Paulo, a média do valor do plantão com duração de 12 horas é de R$ 1.200, mas esse valor pode variar entre R$ 900 e R$ 1.600. Algumas especialidades, como a pediatria, possuem uma remuneração maior do que a média.

Caso você atue com determinadas especialidades, a remuneração costuma ser acima da média.

Qual é a faixa salarial de um médico com consultório próprio?

No consultório próprio, o médico administrador se torna dono e funcionário ao mesmo tempo, já que precisa atender pacientes e realizar toda a gestão do consultório.

Além de poder criar sua própria carga horária, o profissional também pode tomar decisões sobre a administração livremente. Porém, quando um médico opta por ter seu próprio consultório, ele deve saber como precificar o seu atendimento.

Por exemplo, uma clínica com preços mais elevados que a média pode ser menos procurada do que outras e, ainda sim, se manter no mercado. Já uma com preços mais baixos, pode atrair muitas pessoas e, mesmo assim, levar a dívidas e à falência.

Existem fatores a serem considerados no momento de precificar procedimentos médicos que não devem ser ignorados.

Sendo assim, não há um valor padrão a ser cobrado pelos médicos em seus atendimentos, quando o mesmo trabalha em um consultório próprio.

A Federação Nacional dos Médicos (FENAM) estabelece um valor de cobrança sugerido para consultas médicas de R$ 187,49. No entanto, o médico tem total liberdade para cobrar acima ou abaixo desse valor.

De acordo com o Dr. Drauzio Varella, em sua coluna na revista UOL, a média salarial de um médico é de R$ 20 por consulta, quando o mesmo presta serviços a planos de saúde.

Saiba como precificar sua consulta com nossa planilha gratuita de precificação para médicos.

Qual salário de um médico concursado?

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (2)

A remuneração de um médico concursado varia conforme o concurso prestado. Como não há um piso salarial federal, cabe a cada prefeitura ou estado estabelecer o valor do salário daquele profissional.

Além disso, há diferença entre a remuneração de médicos generalistas e especialistas, pois normalmente um médico especialista possui um salário maior.

Mas, em média, os médicos concursados ganham em torno de R$ 8.000 no início da carreira.

Contudo, há a possibilidade de aumentar o salário, realizando horas extras e participando de mutirões, e o salário sobe conforme o tempo de trabalho aumenta.

Além do salário mensal, um médico concursado tem direito a alguns benefícios previstos na CLT, por exemplo, 13º salário, direito à férias remuneradas e aposentadoria.

Quanto ganha um médico de saúde da família?

Um médico de saúde da família é capacitado para atender pacientes desde o nascimento, e podem lidar com até 80% dos problemas de saúde.

Grande parte dos profissionais especializados em Medicina de Família e Comunidade trabalham em Programas de Saúde da Família, promovidos pelas instâncias municipais, estaduais ou federais.

No Brasil, o ganho médio de um médico da família é de R$ 9.000 mensais para uma jornada de 30 horas semanais. Contudo, o valor pode variar, conforme especificado em edital e vagas abertas.

Segundo o site salario.com, a faixa salarial do médico de família e comunidade fica entre R$ 10.601,20, média do piso salarial 2022 de acordos coletivos, e o teto salarial é de R$ 20.858,11, levando em conta o salário base de profissionais em regime CLT de todo o Brasil.

Quanto ganha um médico na rede pública?

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (3)

A remuneração de um médico que trabalha na rede pública é baseada em valores tabelados e seguem um esquema prospectivo de pagamento, diferente dos realizados em redes privadas e particulares.

Sendo assim, a remuneração média do atendimento do médico clínico geral no Sistema Único de Saúde é de R$ 12 por pessoa, enquanto na rede privada, o mínimo é de R$ 60.

O piso salarial de um médico estipulado em acordos coletivos, levando em conta profissionais em regime CLT de todo o Brasil, é de R$ 3.727,71 e o teto salarial é de R$ 16.881,46, sendo assim a média salarial é de R$ 5.588,88.

Embora a remuneração dos profissionais do SUS seja consideravelmente inferior comparada aos atendimentos particulares, a oferta e procura de vagas no SUS é alta.

O SUS oferece um ambiente profissional que permite ao médico adquirir experiência em atendimentos e estabilidade financeira no início de sua carreira médica.

Vale ressaltar que a remuneração do médico varia conforme o município, especialização e procedimentos feitos pelo SUS, de acordo com uma tabela de valores que serve como base para a remuneração final.

Remuneração de um médico por jornada de trabalho

A Lei nº 3.999, de 15 de dezembro de 1961, estabelece que qualquer profissional de Medicina deve ganhar pelo menos três salários mínimos por uma jornada de trabalho de 20 horas semanais.

Mesmo assim, os profissionais da área ainda não têm, formalmente, um salário mínimo profissional válido em todo o território nacional.

Quanto ganha um médico que atende via Teleconsulta?

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (4)

Regulamentada pelos órgãos de saúde, a Telemedicina tornou os cuidados com a saúde acessíveis a qualquer hora e em qualquer lugar, a um custo ainda mais acessível.

Todo contato é realizado a distância, por meio de modernos sistemas de computação e de comunicação, com equipamentos digitais, softwares, plataforma, internet e profissionais altamente qualificados.

Quando o atendimento é prestado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), as consultas não são cobradas. Se o médico atende pelo plano de saúde, a consulta também não deve ser cobrada, porque esse valor já está incluído nas mensalidades pagas pelo paciente.

Agora, quando se trata das consultas particulares, cabe ao médico estipular o valor da Teleconsulta, conforme sua especialidade médica e custos envolvidos no atendimento.

Muitos profissionais recomendam que o valor da Teleconsulta seja o mesmo de uma consulta presencial, pois a dedicação, esforço e tempo que você vai dedicar é o mesmo, ou seja, não há inferioridade na consulta a distância.

Baixe nosso kit gratuito para saber como realizar a consulta médica via Teleconsulta, por meio de tecnologias seguras de comunicação online, seguindo a LGPD!

Vale a pena investir na Telemedicina?

Sim! Cada vez mais a Telemedicina tem se tornado uma forte aliada no atendimento à saúde. Existe uma demanda alta de pacientes para atendimento online.

Diversas pessoas estão precisando de assistência médica, mas preferem se preservar e não sair de casa, principalmente se estão no grupo de risco ou precisam evitar o deslocamento.

A Telemedicina viabiliza, ainda, investimentos e implantação de programas de saúde corporativa, e permite que mais pessoas tenham acesso aos tratamentos médicos, sem sair da empresa.

Quer descobrir tudo sobre a Telemedicina e suas práticas? Preparamos um conteúdo exclusivo para você realizar um atendimento a distância seguindo todas as regulamentações necessárias.

Descubra como agendar, atender, prescrever, faturar e receber com a Telemedicina, seguindo todas as exigências dos órgãos regularizadores.

Quais são as especialidades médicas mais rentáveis?

As especialidades médicas mais rentáveis em 2022 são:

  • Cardiologista: renda líquida mensal de R$ 23.702
  • Anestesista: renda líquida mensal de R$ 23.530
  • Cirurgião: renda líquida mensal de R$ 21.745
  • Ginecologista e Obstetra: renda líquida mensal de R$ 20.896
  • Dermatologista: renda líquida mensal de R$ 18.058
  • Pediatra: renda líquida mensal de R$ 17.930
  • Psiquiatra: renda líquida mensal de R$ 17.871
  • Clínico: renda líquida mensal de R$ 15.260
  • Médico de família e comunidade: renda líquida mensal de R$ 14.328

Quais são as especialidades médicas em alta em 2022?

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (5)

Hoje, as áreas médicas com maiores potenciais de crescimento são aquelas que melhores se adaptam às inovações tecnológicas.

Por isso, as especialidades médicas mais rentáveis envolvem tecnologia, inovação e empreendedorismo, como a Telemedicina, prontuário eletrônico, educação médica continuada, entre outros.

Algumas das especialidades que estão em alta em 2022 são:

  • Psiquiatria

A pandemia criou uma necessidade maior de médicos que trabalham na área da saúde mental, que já enfrentava uma escassez de médicos antes da COVID-19.

A tecnologia possibilita promover o diagnóstico precoce de transtornos psiquiátricos, por meio da análise de uma enorme quantidade de diferentes tipos de dados: desde prontuários a voz e padrões de uso de redes sociais.

Além disso, ela auxilia os psiquiatras a fazerem escolhas de tratamento mais personalizadas, com maiores chances de sucesso para seus pacientes.

  • Medicina de família e comunidade

Durante a pandemia de COVID-19, foi possível perceber ainda mais a vulnerabilidade de pessoas de localidades remotas e comunidades afastadas.

Dessa forma, a Medicina da Família e da Comunidade ganhou destaque e se mostrou uma especialidade fundamental na promoção da saúde e para a compreensão das doenças.

Conforme o Conselho Federal de Medicina, o número de especialistas nessa área cresceu 30% em dois anos e 171% nos últimos dez anos. O motivo é que antes, o foco era diagnóstico e tratamento de doenças, agora, o panorama é diferente.

Os próprios planos de saúde estão entendendo que a medicina preventiva, quando dá atenção à saúde e ao bem-estar do paciente, pode ser mais eficaz e ainda reduzir custos, do que tratar a pessoa quando está doente.

  • Endocrinologia

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (6)

Atualmente, o tratamento de doenças como diabetes, conta com grandes aliados, como a inovação.

Hoje, as empresas estão investindo em pesquisas para a criação de produtos tecnológicos inovadores: algoritmos de monitoramento da glicose, bomba de insulina, medidor glicêmico indolor e insulina inalável, entre outros.

Confira como o endocrinologista André Fuck melhorou sua relação com os pacientes por meio da tecnologia.

  • Terapia intensiva

A medicina intensivista é uma área recente da medicina, que surgiu diante da necessidade de tratar pacientes em estado crítico, e se aprimorou na medida em que a tecnologia passou a oferecer mais recursos de suporte de vida.

O surgimento de novas tecnologias têm contribuído cada vez mais para um tratamento efetivo e específico, gerando um impacto importante na saúde, facilitando o tratamento e influenciando na cura de doenças.

  • Geriatria

Geriatria é a especialidade médica direcionada aos problemas de saúde relacionados ao envelhecimento.

A população brasileira está envelhecendo muito rápido e, no entanto, a falta de conhecimento geriátrico na graduação médica tem contribuído para as dificuldades na abordagem médica desses pacientes.

Por isso, essa é uma área em crescente crescimento e que se beneficia diretamente da tecnologia, ao passo que é possível atender esses pacientes por meio da Telemedicina.

Qual é a importância de um software médico na rotina de atendimentos?

Quanto ganha um médico: Pesquisa completa sobre o Mercado! (7)

Ao implementar um software médico, os profissionais de saúde são capazes de detectar, prever e lidar com diversas enfermidades mais rapidamente e com mais precisão.

A implantação da tecnologia de TI na área da saúde permitiu aos profissionais fazerem muitas coisas que antes eram impossíveis. Por exemplo, a tecnologia está ajudando os médicos a enriquecer seus diagnósticos com decisões baseadas em dados.

Ela também permite analisar um grande número de imagens médicas mais rapidamente e com mais precisão.

Hoje, os médicos podem estar preparados com mais eficiência para a cirurgia e minimizar os riscos, graças à tecnologia e às novas soluções de software médico.

A medicina tem a ver com o ser humano ajudar outros seres humanos a entender e superar situações difíceis, ou seja, doenças.

O software médico é uma ferramenta que está ajudando os profissionais de saúde a dedicar mais tempo de qualidade aos seus pacientes. Sendo assim, uma ferramenta poderosa na tomada de decisão e no tratamento.

Além disso, um sistema é essencial para um consultório ou clínica de saúde, pois permite uma gestão mais eficiente dos processos. Na prática, o sistema ajuda a administração em tarefas como:

  • automatizar tarefas de rotina;
  • projetar fluxos de trabalho orientados para o paciente;
  • garantir a comunicação e coordenação entre a equipe médica;
  • anunciar serviços, gerenciar recursos humanos e financeiros.

O sistema da iClinic oferece uma gama de recursos para agendamentos, prontuários, marketing, gestão financeira e Teleconsultas.

A agenda médica permite que você veja todos os pacientes agendados para o dia, por horário, contando com customizações para melhorar sua visualização.

No prontuário eletrônico, você tem ferramentas para personalizar seus prontuários, prescrições e emitir outros documentos conforme sua especialidade, com possibilidade de anexar arquivos importantes ao sistema e fazer orçamentos diferentes para cada paciente.

Conheça essas soluções do iClinic em nosso site!

Conclusão

Como foi visto ao longo do texto, quanto ganha um médico depende da sua especialidade, localidade e alguns outros fatores.

Mas independentemente disso, é fundamental que um médico que deseja prosperar no mercado de trabalho, esteja atento às novas tecnologias e como elas podem facilitar o tratamento de seus pacientes.

Tecnologias como Telemedicina, Big Data e softwares médicos são uma realidade e uma tendência cada vez mais forte na medicina.

Um médico que ainda se prende a tecnologias antigas e ultrapassadas, ficará para trás e perderá seu espaço no mercado de trabalho para médicos que se adaptam às expectativas dos pacientes.

Top Articles

Latest Posts

Article information

Author: Prof. An Powlowski

Last Updated: 08/08/2022

Views: 6107

Rating: 4.3 / 5 (44 voted)

Reviews: 83% of readers found this page helpful

Author information

Name: Prof. An Powlowski

Birthday: 1992-09-29

Address: Apt. 994 8891 Orval Hill, Brittnyburgh, AZ 41023-0398

Phone: +26417467956738

Job: District Marketing Strategist

Hobby: Embroidery, Bodybuilding, Motor sports, Amateur radio, Wood carving, Whittling, Air sports

Introduction: My name is Prof. An Powlowski, I am a charming, helpful, attractive, good, graceful, thoughtful, vast person who loves writing and wants to share my knowledge and understanding with you.